Carnaval na roça

O carnaval aqui na minha roça é daqueles de antigamente. Onde folia é brincar na rua, criar sua fantasia e brincar de estar fantasiado. Onde você vê todas as famílias do bairro passeando e vendo o bloco passar. Com direito a parquinho de diversões e cervejinha gelada no pátio da igreja!



Meu carnaval começou com o bloco da Vira-virou, escola das crianças. Que graça! Todos os alunos desfilando, demos a volta no quarteirão, com bandinha e todo mundo na maior animação.



Depois os Filhos do Sol, grupo de caciques de Vargem Grande, abriram os trabalhos cantando pela paz e pela valorização da cultura popular. Ao som de atabaques e muitos fogos de artifício.



De resto, muita diversão e paz. Sem violência, apenas graça como estes 12 velhinhos, fantasiados até o fim da festa, apesar do calorão. Faziam evoluções hilárias, com direito a ataques de morte súbita e muitos trejeitos na hora de rebolar com suas bengalas.



Ou estes homens folhas, que criaram suas fantasias com as plantas de seu próprio quintal, quanta criatividade!

Vou ficando por aqui na minha roça, vou acender meu fogão à lenha e experimentar uma receita de frango assado com ameixas e abacaxi. Segunda feira eu volto a trabalhar... Inté!

PS. Coisa mais linda e fashion estas garotas...

PS2. Kátia, pelo menos tentei te ajudar...

Postagens mais visitadas